Do Egito às escolas: Hóquei é esporte e diversão

Modalidade hóquei no Programa Cultivar

Os faraós jogavam taco. É isso mesmo! Arqueólogos descobriram desenhos, no vale do Nilo, em que homens com tacos praticavam um jogo muito parecido com Hóquei.

Os desenhos egípcios revelam que a versão mais próxima do Hóquei como o conhecemos hoje surgiu então no Egito, por volta de 2000 a.C. Além dos egípcios, o esporte também era popular entre gregos e esteve presente nas Olimpíadas da Grécia Antiga.

Hóquei no Egito Antigo

No século XVIII os ingleses deram ao Hóquei a sua forma atual, e levaram o esporte para os países que faziam parte do Império Britânico. A partir de então a modalidade se espalhou pelo mundo, mas foi somente nas Olimpíadas de 1908, em Londres, que o esporte entrou no programa olímpico oficial.

Hóquei nas Olimpíadas de Londres de 1948

Em 1889, o hóquei sofreu uma mudança importante nas suas regras, foi criada a área de arremesso. Esse semicírculo com distância máxima de 14,63 metros da linha de fundo demarca a área de onde é permitido fazer gols. Com isso o esporte evoluiu em técnica, fazendo com que os jogos passassem a ser mais bem elaborados taticamente.

Depois de adotar o Hóquei sobre a grama, trazido pelos ingleses, a Índia passou a dominar o esporte. Os indianos são os maiores vencedores do esporte em olimpíadas com nove medalhas de ouro conquistadas.

Hoje o Projeto Hóquei Júnior tem atraído a atenção nas escolas. Novidade para muitos, a modalidade tem superado as expectativas de professores e alunos.

 

 

 

O Programa Cultivar é um Sistema de Ensino de Educação Física e atividades extracurriculares. Conheça os planos de franquia e os modelos para escolas públicas.

>>> Tire suas dúvidas: entre em contato conosco clicando aqui.

 

 

 

 

lucio

 

 

 

 

 

 

 

 

Seja o primeiro de seus amigos a curtir o Programa Cultivar.

DESTAQUES